Cleópatra: Uma biografia

A escritora Stacy Schiff dedicou 5 anos para escrever essa biografia para desvendar os mitos da rainha do Egito. Aqui vamos ler como ela se destacava na política e suas estratégias para se manter no poder.

Um livro que me deixou muito curioso no momento da compra. Na sinopse dizia que iríamos ver uma Cleópatra muito diferente da retratada por outros diversos autores e filmes. Geralmente, Cleópatra é vista com uma mulher sedutora que conseguia tudo com sua beleza e charme que todos ficavam à seus pés. Stacy vai nos mostrar que não é bem assim. Cleópatra era extremamente inteligente, sabia se movimentar na política pra alcançar seus objetivos e ficar no poder.

Confesso que o livro me deixou um pouco confuso por causa dos diversos personagens. Teve hora que eu me perdi demais pra saber de quem ela estava falando mesmo, mas não tirou o brilho da escrita.

Não tem como falar de Cleópatra sem falar do Império Romano, algumas partes do livro, ela fica de lado enquanto coisas estão acontecendo com Júlio Cesar, Marco Antônio e Otaviano. Tem vários grandes acontecimentos que é muito rico e no final te trás um conhecimento extraordinário. As viagens que ela fazia, como recebia seus convidados, como o povo era tratado, as crenças religiosas. É tudo muito bom de ler.

Teve algumas coisas que talvez eu já soubesse de ter lido ou visto antes mas não lembrava e que de alguma forma foi muito legal aprender. Cleópatra teve cinco filhos, dois com Julio Cesar e três com Marco Antônio. O segundo filho com César morreu após o parto. O filho Cesário era um dos herdeiros e estava sendo preparado enquanto Marco Antônio e Otaviano (filho adotivo e herdeiro de Cesar) dividiram o “reinado” do Império, cada um tomando conta de uma parte.

Marco Antônio era casado com a irmã de Otaviano mas mantinha uma relação com Cleópatra até que se casaram o que desencadeou a guerra civil romana. Um dos capítulos narram a volta de Cleópatra para Alexandria passando pelo meio da batalha nos mares, muito interessante. No final Marco Antônio se mata e Otaviano quer levar Cleópatra para Roma como triunfo. Ela tenta negociar a vida de Cesário em troca de sua “rendição”/essa ida, como Otaviano não aceita, em um dos descuidos dos guardas ela consegue se matar. Não fica claro qual é a forma, aparentemente a história de uma cobra é conversa pois não daria tempo. Cesário obviamente é morto e os outros três filhos levados ao cuidado de Otávia.

Apenas a filha tem alguma relevância na história se casando com Juba II. Os outros filhos caíram no esquecimento.

Um fato interessante também é que o nome Marco e Antônio foram proibidos de estarem juntos novamente, não tinha idéia disso. Um outro fato é que nenhum retrato em pedra foi comprovado como autêntico então Cleópatra é uma rainha sem rosto, por isso a capa do livro com ela de costas. Achei a capa de uma delicadeza ímpar.

Pra mim o único ponto negativo é o excesso de nomes. Eu teria que ir anotando quem é quem pra depois quando aparecesse conseguir me lembrar. Os principais não esqueci mas alguns eu não lembrava de quem estava falando, o que atrapalha um pouco mas o macro eu peguei.

Você pode adquirir o livro clicando aqui, que vira e mexe esta na promoção, peguei a versão do kindle por R$ 15,00. Deixe nos comentários o que achou 🙂

Deixe uma resposta